Conecte-se Conosco

policial

PM mata mãe, esposa, irmão e três filhos e comete suicídio no Paraná

Publicado

em

 

Um policial militar matou pelo menos oito pessoas nas cidades de Céu Azul e Toledo, no Paraná, e cometeu suicídio. Entre as vítimas estão a própria mãe, a esposa, três filhos e um irmão. A tragédia aconteceu entre a noite desta quinta-feira (14) e a madrugada desta sexta-feira (15).

O soldado identificado como Fabiano Junior Garcia é o suspeito dos assassinatos. As primeiras informações são de que o PM fez plantão até as 19h. Após deixar o batalhão, ele foi até Céu Azul, em uma propriedade rural, onde matou a tiros dois filhos, um menino de 4 anos e uma menina de 9.

No sítio, nenhuma outra pessoa foi ferida. Os corpos das duas crianças foram encaminhados ao IML (Instituto Médico-Legal) de Cascavel.

O policial retornou a Toledo, onde matou a outra filha, do primeiro casamento, depois assassinou a mãe dele e um irmão, além de outras duas pessoas que estavam na via pública.

Em seguida, o agente foi para a casa onde morava, matou a esposa e cometeu suicídio dentro do próprio carro.

Clique Para Comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × 4 =

natal

Jovem é preso depois de ser flagrado furtando roupas em um shopping da grande Natal.

Publicado

em

Por

Jovem é preso depois de ser flagrado furtando roupas em um shopping da grande Natal. Um jovem de 19 anos foi flagrado nesta segunda-feira furtando uma loja de um shopping que fica localizado na região leste da grande Natal. O suspeito foi atuado em flagrante depois dos seguranças notarem uma atitude suspeita do homem, ao verificar as imagens das câmeras de segurança da loja o crime foi constatado.

Este caso aconteceu por volta das 17h desta segunda-feira. O homem começou a chamar atenção dos seguranças do shopping depois de passar horas na parte interna do empreendimento, ao suspeitar da ação, os seguranças recorreram as imagens do circuito interno que mostrou a ação do homem que utilizava técnicas para retirar as etiquetas e ao mesmo tempo o sensor das peças.

Jovem é preso depois de ser flagrado furtando roupas em um shopping da grande Natal.

Jovem é preso depois de ser flagrado furtando roupas em um shopping da grande Natal.

De posse das imagens, a equipe de segurança acionou a polícia militar, que foi ao local e ao chegar prendeu o homem em fragrante. Com ele, a polícia encontrou uma camiseta, uma permuda e um par de sandálias, horas antes furtado da loja.

Leia Também: Em megaoperação, policia federal cumpre 57 mandados de prisão no RN e em outros 4 estados contra o tráfico interestadual de drogas.

Depois de ser atuado flagrante, os PMs conduziram o jovem à central de flagrantes da zona sul da capital onde foram feitos os devidos procedimentos cabíveis. Em seguida o jovem foi liberado e agora aguardará a audiência de custodia, que deve ocorrer nesta terça-feira (20).

Os donos do empreendimento não quiseram falar sobre o assunto.

 

Continue Lendo

policial

Agente penal que matou tesoureiro do PT recebe alta e aguarda transferência para a prisão

Publicado

em

Por

 

O agente penitenciário federal Jorge Guaranho deve ser transferido para o Complexo Médico Penal, na cidade de Pinhais, região metropolitana de Curitiba. Ele é réu no assassinato do guarda municipal e tesoureiro do PT, Marcelo Arruda, ocorrido no dia 9 de julho em Foz do Iguaçu (PR).

Guaranho recebeu alta nesta quarta do Hospital Ministro Costa Cavalcanti, onde estava internado em Foz, sob custódia policial, por estar em prisão preventiva decretada pela Justiça. O juiz da 3ª Vara Criminal de Foz do Iguaçu, Gustavo Arguello, negou por duas vezes o pedido de prisão domiciliar feito pela defesa de Guaranho, alegando cuidados especiais aos quais o cliente ainda necessita durante a recuperação.

Entre os argumentos relatados pelo juiz Gustavo Arguello para negar a prisão domiciliar, estão a de que o réu possui personalidade “conflituosa, beligerante e intolerante”. Além disso, o assassinato ocorrido em ano eleitoral contrapõe a liberdade de escolha na hora do voto. O magistrado ainda argumentou, dizendo que o fato de Jorge atirar diversas vezes “indica audácia do agente e desconsideração com a vida das vítimas secundárias”.

Jorge Guaranho foi denunciado por homicídio duplamente qualificado, por motivação fútil e por colocar em risco a vida das pessoas. De acordo com os promotores Luiz Marcelo Mafra e Tiago Lisboa, embora não haja embasamento jurídico para qualificar o crime como político, a motivação dele se deu por divergências político-partidárias.

Na manhã desta quarta, antes de Guaranho receber alta, familiares e amigos de Marcelo Arruda realizaram um protesto pacífico em frente ao hospital. Entre os manifestantes estavam a companheira de Marcelo, Pamela Suellen Silva e o filho mais velho do guarda municipal, Leonardo, de 26 anos. Eles carregavam cartazes que lembravam 1 mês do assassinato e pediam por justiça.

O Complexo Médico Penal para o qual Jorge Guaranho será transferido, também recebeu presos da Operação Lava-Jato. A reportagem do Estadão entrou em contato com a defesa do policial penal, mas não teve retorno.

Continue Lendo

natal

Polícia Civil prende Wendel Lagartixa

Publicado

em

Por

 


A Polícia Civil prendeu na manhã desta quarta-feira (20), o policial militar reformado Wendel Fagner Cortez de Almeida, conhecido como Wendel Lagartixa. A prisão foi realizada e confirmada pela Divisão Especializada em Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Além de Lagartixa, foi preso também um sargento da PM, que não teve a identidade revelada. 

O PM reformado responde a processos e é investigado por suposto envolvimento com grupos de extermínio. Ele havia sido preso anteriormente e, recentemente, esteve envolvido em uma tragédia familiar, quando sua filha foi assassinada por criminosos ainda não identificados. 

 

Ativo nas redes sociais, Wendel Lagartixa se colocou como pré-candidato a deputado estadual e possuía milhares de seguidores em três perfis no Instagram. Neles, Lagartixa retratava problemas da cidade, principalmente na zona Norte de Natal. Além disso, ele também denunciava supostos bandidos que estariam cometendo crimes em Natal e interior do estado. Em vários momentos, Wendel Lagartixa desafiava os criminosos. Dois de seus perfis nas redes sociais, contudo, desapareceram nesta quarta-feira. Outros dois continuam ativos, incluindo um utilizado pelo PM reformado para expor supostos autores de crimes no estado. 

 

A Polícia Civil não informou as circunstâncias da prisão e está avaliando a possibilidade de uma coletiva para falar sobre o caso para a imprensa.

   

Continue Lendo
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Ultimas