Conecte-se Conosco

América

LEANDRO SENA AFIRMA QUE TIME DO AMÉRICA ESTÁ PRONTO PARA DECISÃO NO MARANHÃO.

Publicado

em

LEANDRO SENA AFIRMA QUE TIME DO AMÉRICA ESTÁ PRONTO PARA DECISÃO NO MARANHÃO. Qual a ideia do paraíso? Certamente para o torcedor americano que desde 2017 torce para equipe deixar a Série D e começar a escalar as divisões do futebol nacional, a resposta para essa pergunta passa pela realização de um bom jogo diante do Moto Club hoje, às 19h, no estádio Castelão-MA e confirmar a classificação para às quartas de final do Brasileirão. A equipe sofreu baixas importantes, mas que não abalaram o clima de confiança do grupo. O jornal TRIBUNA do NORTE irá trazer em sua edição impressa a cobertura completa do jogo e a Jovem Pan News Natal transmite ao vivo com pré-jogo iniciando às 15h.

A equipe potiguar está a 270 minutos do acesso, ano passado chegou até o limiar entre as séries D e C, mas acabou eliminada pelo Campinense nos pênaltis. É justamente para dar um ponto final a história de “morrer na praia” que o treinador Leandro Sena e o grupo vêm carregando um peso extra na competição, mas estão subindo degrau a degrau em busca do maior objetivo do clube na temporada.

Os maranhenses que necessitam da vitória a qualquer custo, para se manter na briga pelo acesso, também possui um peso extra e que irá atormentar os seus jogadores durante a partida. Desde 1995 o Rubro-Negro não consegue bater o time potiguar e, para aumentar ainda mais a onda de pessimismo, ano passado eles também foram eliminados pelo time americano nesta mesma fase.

Esse ano existe basicamente uma reedição do que ocorreu após o primeiro confronto, quando o Alvirrubro conseguiu abrir apenas a diferença mínima para o confronto da volta. Mas o América acabou jogando água na fervura dos maranhenses batendo o Moto Club por 4 a 2, no estádio Nhozinho Santos.

LEANDRO SENA AFIRMA QUE TIME DO AMÉRICA ESTÁ PRONTO PARA DECISÃO NO MARANHÃO.
LEANDRO SENA AFIRMA QUE TIME DO AMÉRICA ESTÁ PRONTO PARA DECISÃO NO MARANHÃO.

Esse ano existe basicamente uma reedição do que ocorreu após o primeiro confronto, quando o Alvirrubro conseguiu abrir apenas a diferença mínima para o confronto da volta. Mas o América acabou jogando água na fervura dos maranhenses batendo o Moto Club por 4 a 2, no estádio Nhozinho Santos.

Mas para Sena, o que passou é para ficar registrado na história, e hoje ele e os seus comandados vão a campo dispostos a incluir mais um capítulo de superação na passagem centenária do Alvirrubro.

O atacante Elvinho ressalta que, apesar das baixas, o América tem tudo para realizar outra boa apresentação e deixar a cidade de São Luís comemorando mais um bom resultado.

“Esperamos um jogo difícil, o resultado está em aberto, mas o América está bem preparado. Nosso grupo vem de um ritmo forte de trabalho justamente pensando em fazer um bom papel em São Luís para que possamos comemorar mais uma classificação”, afirmou o atacante. “Poderíamos ter até ampliado a diferença no primeiro confronto, devido às situações criadas, não conseguimos e acabamos sofrendo o gol. Mas como acredito que tudo possui um propósito, talvez isso tenha ocorrido para deixar a nossa equipe com um foco maior no adversário. Se a vantagem fosse maior, talvez pudesse interferir de forma negativa no grupo. Temos a vantagem do empate e queremos fechar nossa participação neste segundo mata-mata com chave de ouro”, frisou.

O comandante americano, Leandro Sena também lamenta a perda de Araújo que vinha se destacando como uma das peças mais importantes na engrenagem da equipe potiguar, mas que está fora da temporada devido a uma lesão muscular. Quem também está fora é o meio-campista Bebeto.

“A gente teve essa perda de Araújo, que vinha agregando muito valor ao nosso time, mas contamos com grandes jogadores no grupo com capacidade para suprir bem essa ausência. Trabalhamos forte para readaptar esse grupo à questão do clima e também à formação que será utilizada neste importante compromisso. A ideia é fazer um jogo forte e objetivo, para que possamos avançar de fase”, destacou.

Com a vantagem do empate, Sena pensa num América realizando um jogo tranquilo e valorizando muito a posse de bola. Ele ressalta que sua equipe não vai entrar em campo pensando em se defender nos noventa minutos e que, ao contrário disso, os potiguares serão bastante ousados em termos ofensivos.

“O campo favorece pois é bom de jogar e nós teremos pela frente outra grande equipe, que vai a campo com o sentido de vencer a partida também. Estamos chegando em mais essa decisão com a equipe bem equilibrada e com as ideias de jogo bem claras na cabeça de cada um dos nossos atletas. Todos estão dispostos a lutar pelo grande objetivo do clube que é a classificação”, disse o treinador, que promete mandar a campo uma formação preparada para enfrentar qualquer tipo de situação.

Leia Também: Fifa confirma mudança de data da abertura da Copa do Mundo no Catar

Consciente de que vai necessitar de uma formação consistente em campo, no sentido de evitar mais uma surpresa desagradável e aumentar a decepção dos torcedores motenses, que prometem comparecer em bom número ao Castelão, o técnico Júlio César planeja realizar mudanças na defesa e também no ataque do Rubro-Negro.

Na defesa, Dedé, que vinha sendo titular em toda Série D e não atuou no confronto de ida em Natal, deve voltar à equipe principal. O defensor foi poupado para o jogo decisivo devido ao estado de desgaste muscular que vinha sofrendo. Caso seja confirmado, Dedé vai atuar ao lado de Milanez, com Luís Eduardo voltando para o banco de reservas. Já no setor ofensivo, a opção para deixar o time mais veloz, será a entrada de Wallace Lima no lugar do meia Eliomar, atuando, assim, com três homens de frente, com Emerson Nike e Mário Sérgio pelas duas extremas. No mais, a equipe deve ser a mesma que atuou na Arena das Dunas.

Clique Para Comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

seis − cinco =

América

Depois de cinco eliminações seguidas, América tem nova chance de acesso à Série C contra o Caxias na Arena das Dunas.

Publicado

em

Por

Depois de cinco eliminações seguidas, América tem nova chance de acesso à Série C contra o Caxias na Arena das Dunas. O América terá, neste domingo 28, a sexta chance de obter o tão sonhado e esperado acesso à Série C. Mas a tarefa não será fácil. 

Como perdeu o jogo de ida por 1 a 0 para o Caxias (RS), o time do técnico Leandro Sena terá que vencer por dois gols de diferença se quiser se classificar nos 90 minutos, vitória por um gol leva a decisão para os pênaltis e empate dá a vaga aos gaúchos. Nos anos anteriores, o Alvirrubro caiu para Juazeirense (2017), Imperatriz (2018), Jacuipense (2019), Floresta (2020) e Campinense (2021). Só que desta vez, o grupo promete que será diferente.

 “Esse é o jogo da superação, de cada atleta dar o máximo e o mais importante fazer gols, pois a torcida do América merece muito esse acesso”, disse o zagueiro Jean Pierre durante a semana.

Depois de cinco eliminações seguidas, América tem nova chance de acesso à Série C contra o Caxias na Arena das Dunas.
Depois de cinco eliminações seguidas, América tem nova chance de acesso à Série C contra o Caxias na Arena das Dunas.

 Edson Silva está confiante para a decisão. Apesar da vantagem do empate do Caxias, o zagueiro disse que o time tem condições de reverter o placar. 

“A vantagem é mínima, a nossa equipe vem realizando bons jogos como mandante e iremos a campo dispostos a colocar nossa qualidade em campo para vencer e comemorar o tão sonhado acesso diante desta grande torcida”, afirmou. 

Leia Também: Pesquisa TN/Consult: Fátima tem 36, 24%; Styvenson está com 20,12% e Fábio com 13%

TORCIDA 

O grande apoio do América virá das arquibancadas da Arena das Dunas. 

A torcida esgotou a carga de 27 mil ingressos e vai promover um corredor de recepção à delegação com cinco mil torcedores da Av. Prudente de Morais até a entrada do estádio. A concentração começa às 14h

Continue Lendo
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Ultimas