Conecte-se Conosco

crime

Operação do Ministério Público do RN prende liderança de facção criminosa em Parnamirim.

Publicado

em

Operação do Ministério Público do RN prende liderança de facção criminosa em Parnamirim. O chefe de uma facção criminosa foi preso na manhã desta segunda-feira 24 em uma operação do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), em Parnamirim. A operação Cross é desdobramento da operação Carteiras, deflagrada em 8 de julho deste ano, e que resultou na prisão de três advogados denunciados por envolvimento com uma organização criminosa que atua dentro e fora de unidades prisionais potiguares. Na ação, foram apreendidos uma arma de fogo e o aparelho de telefone celular dele. O material será analisado.

A operação Cross contou com o apoio da Polícia Militar. Além do mandado de prisão preventiva, a ação cumpriu mandado de busca e apreensão na casa do homem preso.

Operação do Ministério Público do RN prende liderança de facção criminosa em Parnamirim.
Operação do Ministério Público do RN prende liderança de facção criminosa em Parnamirim.

De acordo com as investigações do MPRN, o homem preso nesta segunda seria uma das chefias da facção criminosa. Ele seria um os membros do “Conselho” da organização criminosa, hierarquia apenas inferior a dos fundadores da organização. O MPRN tem indícios que ele repassava orientações a outros integrantes da facção sobre como agir em suas “quebradas”, possuindo o encargo de expedir relatórios e realizar pagamentos mensais para as companheiras dos demais chefes da facção que se encontram em presídios federais.

Leia Também: Paraná Pesquisas: Lula tem 50,2% dos votos válidos; Bolsonaro, 49,8%

Além disso, ainda de acordo com o que o MPRN já apurou que o homem preso também seria um dos principais articuladores da facção, com poder de decisão acerca de penalidades que podem ser impostas a outros faccionados, aplicando a “disciplina” da organização criminosa, por meio da “condução” daqueles que não seguem as exigências da organização criminosa.

O chefe da facção está preso à disposição da Justiça potiguar.

Clique Para Comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × 2 =

acre

Em megaoperação, policia federal cumpre 57 mandados de prisão no RN e em outros 4 estados contra o tráfico interestadual de drogas.

Publicado

em

Por

Em megaoperação, policia federal cumpre 57 mandados de prisão no RN e em outros 4 estados contra o tráfico interestadual de drogas.

Em megaoperação, policia federal cumpre 57 mandados de prisão no RN e em outros 4 estados contra o tráfico interestadual de drogas. A policia Federal realiza na manhã de hoje (14), a operação Bayerische e cumpri pelo menos 30 mandados de prisão e mais 27 busca e apreensão no estado do Rio Grande do Norte e em mais quantos estados. De acordo com informações repassadas pela policia federal, esta operação tem como objetivo desarticular o crime organizado que vinha atuando nestes estados com o tráfico de drogas e lavagem de dinheiro.

De acordo com informações repassadas a nossa redação, este grupo de criminosos são bastante extenso e atuava com grandes quantidades de cocaína e maconha e a sua distribuição eram concentrados na grande Natal, João Pessoa e Guarabira e em outros municípios.

Em megaoperação, policia federal cumpre 57 mandados de prisão no RN e em outros 4 estados contra o tráfico interestadual de drogas.
Em megaoperação, policia federal cumpre 57 mandados de prisão no RN e em outros 4 estados contra o tráfico interestadual de drogas.

Ainda de acordo com a pessoa, durante as investigações ainda foi descoberto que o grupo de criminosos vinha lavando dinheiro efetuando comprar de veículos e imóveis de luxo. A polícia federal ainda nos informaram que as contas utilizadas por estes criminosos neste esquema e o patrimônio identificado nesta operação já se encontra bloqueados por determinação judicial.

Leia Também: TRE-RN REPROVA CONTAS DA SUPLENTE A DEPUTADA FEDERAL SAMANDA ALVES.

Segundo a policia federal, esta ação acontece na Paraíba, nos bairros Oitizeiro, Novais, Valentina e Bessa, que incluiu um mandado de prisão para um detento no presídio Porto. Além da Paraíba, esta operação também acontece nos estados de Rondônia Pernambuco e Acre.

 

Continue Lendo

crime

Ato com Fátima Bezerra é interrompido por causa de tiros em Macaíba.

Publicado

em

Por

Ato com Fátima Bezerra é interrompido por causa de tiros em Macaíba. Um ato de campanha, que tinha a presença da governadora reeieita Fátima Bezerra (PT), foi interrompido neste domingo 23 após tiros serem disparados durante a carreata/passeata em Macaíba, na Grande Natal.

A governadora do Estado foi retirada do local e passa bem, de acordo com informações preliminares. Antes dos disparos, a própria governadora havia postado nas redes sociais um momento do ato, que contava com várias pessoas acompanhando.

Ato com Fátima Bezerra é interrompido por causa de tiros em Macaíba.
Ato com Fátima Bezerra é interrompido por causa de tiros em Macaíba.

Ainda não há informações oficiais sobre feridos. Até o momento, também não há informações sobre prisões.

Fátima usou as redes sociais no fim da noite para reafirmar que está bem. “Confio plenamente na segurança do Estado, e informo que as polícias Civil e Militar estão trabalhando para esclarecer o ocorrido em Macaíba”.

Leia Também: Operação do Ministério Público do RN prende liderança de facção criminosa em Parnamirim.

Na tarde deste domingo 23, carros com bandeiras do PT foram atingidos por tiros em Ponta Negra – conforme denunciou a deputada federal Natália Bonavides no Twitter. A Petista segue agenda normalmente nesta reta final de campanha.

O adversário de Fatima Bezerra nesta campanha, o ex-governador Fabio Dantas também seguirá com sua agenda normal, mesmo depois dos ataques sofridos pela governadora.

Continue Lendo

crime

Homem é preso após passar mão nas nádegas de vendedora em shopping de Natal

Publicado

em

Por

 

Um homem foi preso em flagrante dentro de um shopping na Zona Sul de Natal, pelo crime de importunação sexual, praticado contra a vendedora de uma loja do estabelecimento comercial.

Segundo o relato do registro, a vítima havia se aproximado do acusado para oferecer-lhe um cartão de crédito da loja onde trabalha. Neste momento ela percebeu que o homem estava observando-a com olhar lascivo. Ele colocou a mão sobre os ombros da vítima e em seguida passou a mão em suas nádegas. O caso ocorreu no fim da tarde de quarta-feira (10).

Com o ato, a vítima chamou os seguranças do shopping, que imediatamente detiveram o suspeito e acionaram as autoridades policiais. Os militares foram até o local e efetuaram a prisão em flagrante do acusado que foi conduzido até a central de flagrantes para as providências cabíveis. A vítima também foi conduzida para prestar depoimento.

Segundo o relatado pelas autoridades, o acusado, um estudante de 21 anos, não ofereceu resistência no momento da prisão. As informações são do Novo Notícias.

Continue Lendo
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Ultimas